Acredito eu.

Acredito eu que já passei daquela fase de menininha onde acreditava em tudo que saia da boca dos meninos da minha classe ou rua. Que já vivi o bastante para saber que o tchau do menino que eu gostava na quinta série não foi para mim e que se foi, não foi por boa intensão. Que eu sonhava com ele atoa todos os dias por causa do tal “tchau com sorrisinho”.

Eu sei que a primeira paixonite aguda sempre meche com você e na primeira delas a gente fica tão envolvida por coisas que a nossa mente cria que costumamos acreditar em coisas que na realidade, não são como pensávamos.

Eu já fui assim e depois de um tempo, me desiludi e amadureci mentalmente, não digo que em tudo porque meu corpo não acompanhou tal amadurecimento. Porém posso dizer que hoje posso e tenho total convicção do que é errado e do que é certo. Tenho mania de adivinhar mentalmente se a pessoa é legal ou se não vale a pena se enturmar e sempre acerto, pelo menos ao longo desses meus 15 anos isso tem me ajudado muito.

Anúncios

2 pensamentos sobre “Acredito eu.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s