O meu sossego.

Hoje vim trazer para o blog um dos textos da Clarissa Corrêa que eu realmente me encontrei em cada palavra e que é o mais recente do seu blog. Clarissa é uma escritora que já falei aqui no blog no Top 8: escritores. Ela possui um blog onde ela posta seus textos. Clarissa escreveu 3 livros, e eles estão lá no blog dela a venda, confesso que pretendo comprar ao menos um logo logo. Enfim, curtam o texto que tem tudo a ver com a chegada do final de ano e visitem o site que deixarei no final do post.
Novembro já deu as caras, isso quer dizer que o fim do ano daqui a pouco dobra na segunda à esquerda, na terceira à direita, segue mais 500 metros e logo, logo está aqui. Tem gente que adora essa época, eu prefiro manter uma certa distância.
Nunca fui muito fã de Natal, acho uma data comercial demais. As lojas ficam lotadas, as filas crescem sem parar, fora a quantidade de Papai Noel por todos os cantos. E ainda por cima temos a voz da Simone cantando “Então é Natal” incessantemente. Não posso esquecer da trágica combinação peru e figo. Detesto figo, não simpatizo nadica de nada com ele.
As pessoas resolvem fazer caridade nesta época, o que é de certa forma bonito. Mas seria ainda melhor se cada um ajudasse um pouco em todos os períodos do ano e não apenas quando bate o repentino espírito natalino, não é mesmo?
O bom do final do ano é repensar a vida, colocar o ano na balança e pesar os prós e contras. Adoro fazer isso, ver tudo que aconteceu, o que fiz e deixei de fazer, os sucessos e fracassos diários, as metas que foram alcançadas, os sonhos que sofreram metamorfose, o que quero conquistar no próximo ano, as novas perspectivas que chegam. Acho um exercício interessante e fundamental, pelo menos pra mim. Sempre gostei de comemorar a virada do ano, é simbólico eu sei, mas significa um recomeço. E não tem nada melhor que recomeçar acreditando que tudo é possível. Dá mais esperança, força, fé. A gente precisa acreditar para poder viver em paz. Acreditar que novas portas vão se abrir, que obstáculos vão, sim, aparecer, mas que podem ser vencidos com esforço, garra e persistência.
Cada ano deixa a sua marca. Alguns são melhores, outros piores. Mas a vontade de que as coisas mudem nos impulsiona, nos dá mais coragem para seguir adiante. É por isso que gosto de fazer listas, mentais ou não, sobre os principais pontos negativos e positivos do ano. Daqui a pouquinho começo a minha lista de 2012. Mas por enquanto, vou sair um pouco de férias. Viajo amanhã e volto somente no dia 12/11.
Neste período, nada de internet e celular. Tem gente que viaja e faz questão de registrar e compartilhar cada momento com os outros, eu prefiro registrar os momentos na memória e compartilhar cada segundo com quem está ao meu lado. Gosto de ficar distante da vida virtual, de email, telefone e qualquer coisa que tire o foco do meu sossego. Na volta, a gente se vê de novo. Prometo chegar cheia de novidades. Até breve!
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s